COVID-19: Medidas preventivas do Laboratório BebéVida

 

Em conformidade com as medidas adotadas pelas autoridades competentes relativamente ao vírus COVID-19, a BebéVida acionou uma série de iniciativas que visam não só a preservação da saúde de todos os seus profissionais mas também como medida de prevenção e contenção, fazendo todos os esforços para que a excelência de serviços oferecida aos nossos clientes se mantenha inalterada.

Nesse sentido, e dada a conjuntura, a BebéVida reduzirá nas suas instalações o número de colaboradores presentes ao mínimo indispensável ao seu funcionamento.
Todos os restantes colaboradores assegurarão o seu trabalho a partir de suas casas.

No Laboratório, as visitas de profissionais de saúde e futuros pais encontram-se suspensas garantindo assim a segurança dos técnicos que diariamente processam e armazenam as amostras de sangue e tecido do cordão.

Mantemos como desígnio a excelência dos nossos serviços, não só em termos laboratoriais, mas também na nossa missão de informar e esclarecer o público acerca do processo de criopreservação. Nesse sentido, disponibilizamos diariamente por tempo indeterminado, eventos online onde será possível realizar esclarecimentos personalizados acerca dos nossos serviços, permitindo o contacto com os nossos clientes de forma rápida, eficaz e evitando interações sociais dispensáveis nos tempos excecionais que vivemos.

Todos os interessados poderão inscrever-se nos nossos eventos online.

Continuamos também a prestar atendimento nas nossas instalações de Porto e Lisboa mas, pelos motivos elencados anteriormente, os mesmos deverão ser feitos por via telefónica através dos números 212 744 021/2 e/ou 228 328 411.

Também a empresa responsável pela recolha dos Kits de Criopreservação nas maternidades e transporte das amostras para o nosso laboratório tomou todas medidas necessárias com base nas recomendações dadas pela DGS.

Poderá, como sempre, contar com todo o empenho e profissionalismo da Equipa BebéVida que continua à sua disposição para tudo o que considere necessário!

#vaicorrertudobem