BabySafe Teste Pré-Natal Não Invasivo

Quer saber mais?

BabySafe
em 3 passos

step-3
Na consulta com o seu médico

Solicitar junto do seu médico o preenchimento e assinatura da requisição BabySafe.

Esta requisição e o comprovativo de idade gestacional (por exemplo, Boletim da Grávida) devem ser disponibilizados no contacto com a BebéVida.

step-2
Junto da BebéVida

Contacte a BebéVida para efetuar pagamento e marcação do BabySafe.

Após receção da requisição, comprovativo de idade gestacional e comprovativo de pagamento, será encaminhada para a unidade de colheita mais próxima.

step-5
Na unidade de colheita

Para realização do BabySafe é necessário apresentar toda a documentação e guia de pagamento efetuado.

Os resultados serão enviados para o seu médico num prazo máximo de 6 dias.

Saber Mais

O que é o teste BabySafe?

É um teste pré-natal que, através de uma amostra de sangue materno e de uma forma não invasiva, deteta no ADN do bebé a presença de trissomias 21, 18 e 13, o sexo fetal e as aneuploidias dos cromossomas sexuais (Monossomia X, XXX, XXY, XYY).

Saber Mais

Qual o objetivo do Teste Pré-Natal BabySafe?

Este tipo de teste permite detetar determinadas alterações fetais através do estudo do ADN do feto presente no sangue materno, sem recorrer a procedimentos invasivos durante a gravidez. Referimo-nos, por exemplo, à amniocentese ou à biópsia das vilosidades coriónicas.

Os exames invasivos, apesar de serem realizados por especialistas, continuam a acarretar riscos para a gravidez.

Por esta razão, apenas devem ser ponderados quando o risco de alterações cromossómicas for considerado elevado. Perante um resultado de rastreio por teste pré-natal não invasivo com risco aumentado para uma dada aneuploidia, e face a um desejo expresso de interrupção de gravidez, é essencial a confirmação por um teste invasivo.

 

Opções disponíveis

BabySafe T21.T18.T13

BabySafe

Pesquisa das trissomias 21, 18 e 13

Identificação do sexo fetal

Pesquisa das trissomias 21, 18 e 13

Aneuploidias dos cromossomas sexuais (Monossomia X, XXX, XXY, XYY).

Identificação do sexo fetal

Saber Mais

Ofertas Associadas

Na adesão ao teste pré-natal não invasivo BabySafe os futuros papás poderão usufruir de várias ofertas.

Contacte-nos para ficar a par destas e outras vantagens que temos em vigor.

Descubras as ofertas

A quem se destina este teste?

- Grávidas com mais de 35 anos.
- Grávidas com risco elevado para as trissomias 21, 18 e 13.
- Grávidas com trissomia diagnosticada em gravidez anterior.
- Grávidas com história de interrupção da gravidez repetida.
- Grávidas com resultados ecográficos sugestivos das cromossomopatias testadas.
- Grávidas que desejam saber mais informações sobre o seu bebé.

Requisição Médica

Faça download aqui

Razões para escolher BABYSAFE

Deteção Precoce, a partir da 10ª semana de gestação

Único teste totalmente realizado em Portugal

Resultados em 4 a 6 dias

Segurança e Precisão dos resultados

Equipa altamente qualificada

Experiência

Teste Pré-Natal BabySafe
Para todas as grávidas, sem riscos!

Saber Mais

Testemunho

Rita, autora do blog Entre Fraldas e Mojitos

” Quando na ecografia morfológica detetaram risco de trissomia 21, fiquei sem chão.

As gravidezes do Marco e da Mel sempre correram bem (à exceção da diabetes) e achei que a terceira, então, ia “fazer” com uma perna às costas. Mas lá estava eu, em pleno consultório, a segurar as lágrimas e a pensar em mil e um cenários. Não tinha ninguém para dar a mão porque a Covid não me deixou levar o meu namorado para dentro daquelas quatro paredes. Pedi à médica que me explicasse tudo como se fosse uma mãe de primeira viagem porque na realidade pouco sabia sobre o tema. Vim para casa e ele recebia-me com um sorriso à espera de novidades, mas percebeu que afinal não estava tudo bem. Conversámos e decidimos que não queríamos viver o resto da gravidez na incerteza. Não fiz amniocentese pelo risco de aborto, optámos por fazer o teste DNA pré-Natal.

Pesquisei e mal me apareceu a BebéVida , decidi que íamos fazer lá. É uma instituição que tem acompanhado a nossa família e na qual confio muito. Entrei em contacto, explicaram-me o procedimento e foram super eficientes (infelizmente nestas situações temos mesmo que agir em contra-relógio). A minha obstetra preencheu a prescrição, fiz o pagamento e na manhã seguinte tinha a colheita marcada. O pior é a espera pelo resultado. O medo, a ansiedade, a impotência. Tentei não ir muito abaixo porque eles os três (e o bebé) não mereciam, nem precisavam disso. Felizmente, cinco dias depois, recebemos um “não detetado” e pudemos respirar de alívio.

Agora vamos lá viver esta gravidez em pleno ❤️ “